Skip to content

Caixa oferece desconto de até 90% para clientes com dívidas atrasadas

Com mutirão de renegociação a Caixa Econômica pretende regularizar situação de 3 milhões de pessoas com débitos.

Caixa Econômica lança Cartão de Crédito consignado e sem anuidade
Caixa Econômica (Foto: Divulgação)

A Caixa Econômica Federal realizará um mutirão de renegociação oferecendo condições especiais para clientes com dívidas atrasadas há mais de um ano. Com essa ação o banco estatal pretende regularizar a situação de 3 milhões de pessoas.

As condições oferecem descontos de 40% a 90% do valor da dívida e com isso o banco espera recuperar até 4 bilhões de reais que estavam considerados causas perdidas. O valor dos débitos já havia sido considerado como prejuízo no balanço da Caixa.

Entre os devedores estão 2,7 milhões de pessoas físicas e 300 mil jurídicas, esses clientes ficaram negativos com a Caixa e passaram a pegar empréstimos com financeiras. O foco da estatal é recuperar o dinheiro do crédito consignado e do cartão de crédito.

De acordo com Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica, 90% das dívidas são operações inferiores a 2 mil reais e com isso o banco aguarda um resultado positivo. Guimarães ainda afirmou que se recuperarem R$ 1 bilhão já será satisfatório.

Quem poderá participar do mutirão de renegociação da Caixa Econômica 

O programa ainda não tem uma data para lançamento, mas será direcionado para clientes da Caixa com renda de até 5 salários mínimos que se endividaram por meio do consignado, seja empréstimo ou cartão de crédito, com vencimento há mais de um ano. A intenção também é ajudar essas pessoas saírem desta situação e voltarem a ter margem para obterem novos créditos.

De acordo com o Paulo Guedes, ministro da Economia, a Caixa Econômica não deve dar lucro como uma iniciativa privada e sim repassar os ganhos para outros objetivos, como por exemplo, reduzir juros para os usuários.

[simple-author-box]