5 dicas para quem tem score baixo conseguir cartão de crédito

Precisa de um cartão de crédito, mas possui score baixo? Se a reposta for sim, vamos apresentar a solução que você precisa.

Não é segredo que as pessoas que possuem pontuação baixa encontram dificuldade para conseguir um cartão. Porém o que você precisa saber é que não existe uma formula mágica para resolver isso, mas tem solução.

Existem diversos motivos para uma pessoa ter o score baixo, como por exemplo: dívida atrasada, pouco consumo ou até mesmo a pouca idade.

+Banco lança cartão de crédito internacional sem consulta ao Serasa

Essa pontuação é uma das principais formas de avaliar o consumidor, o avaliador considera de 0 á 1.000 pontos. Sendo que quanto mais próximo do zero maior a probabilidade de inadimplência.

5 dicas para quem tem score baixo conseguir cartão de crédito
Foto: Divulgação

Cartão de crédito com score baixo

As pessoas que enfrentam essa situação podem conferir e seguir as dicas antes de solicitar um cartão.

5 – Pagamento de Contas

Pagar as contas dentro do prazo é algo extremamente importante para quem pretende melhorar o score. Procure manter suas contas em dias, evite qualquer tipo de atraso.

O histórico de um consumidor é composto também pelos pagamentos que ele efetua, seja qual for o tipo de despesa.

4 – Relacionamento com o Banco

Procure conhecer melhor o banco que deseja solicitar o cartão de crédito e utilize seus serviços. No caso das fintechs é possível abrir uma conta e fazer movimentações.

Transferir seu salário para essa instituição pode ser uma boa alternativa e contribuirá para liberação do cartão de crédito desejado.

3 – Cartões de Lojas

Solicitar um cartão exclusivo de alguma loja pode ser ideal para quem tem a pontuação baixa, pois as lojas não costumam consultar score para conceder o plástico ao cliente.

Além disso, é uma opção que favorece a movimentação do CPF contribuindo para o aumento da pontuação.

 2 – Empréstimo

Se você busca melhorar seu score evite utilizar o limite do cheque especial ou empréstimos.

Ao usar esses serviços automaticamente é criada uma alerta sobre o consumidor. Pois sinaliza que a pessoa está no vermelho e necessita desses recursos para pagar algo.

Ou seja, gera a impressão de que o individuo gastou mais do que poderia.

1 – Cadastro Positivo

Se você não tem um cadastro positivo faça o seu, essa dica é a mais importante para quem vive essa esse problema.

O cadastro positivo é uma espécie de registro de pagamento do consumidor.

Sem esse cadastro aquela pessoa que possui restrição no nome não consegue sinalizar a empresas que ela esta pagando as contas.

Ou seja, apesar da restrição existe um esforço para se tornar um bom pagador.

Fonte: EconoMirna

Conclusão

Conforme foi dito no inicio do texto, não é uma fórmula mágica, mas poderá ajudar quem esta nesta situação. O ideal é sempre evitar restrições no nome e não gastar mais do que pode pagar.

Vale lembrar que existe um histórico de pagamento onde o consumidor é observado em todas suas contas, seja atrasada ou não. Por tanto procure manter o status de bom pagador e assim conseguirá crédito no mercado.

Saiba mais!
Para obter mais conteúdos siga a Credicar Vantagens em nosso canal do Google News e nas redes sociais como Facebook, Twiter, Linkedin e compartilhe com seus contatos.

Acompanhe nossos artigos e fique por dentro de assuntos sobre Finanças Pessoais, Educação Financeira e outros.