Credz inicia parceria com a Visa e emitirá mais de 1 milhão de cartões

A Credz iniciou as emissões de cartões Visa na última segunda-feira (17), a administradora de cartão de crédito pretende emitir mais de um milhão de unidades com essa parceria.

A Bandeira que é especialista em cartão co-branded com pequenos varejistas está otimista e enxerga um forte crescimento para o próximo ano com o apoio da Visa.

De acordo com José Renato Borges, presidente da Credz, o objetivo dessa ação é atingir 1,6 milhões de cartões emitidos no ano que vem.  Ainda segundo o presidente, a visão da empresa é oferecer facilidades financeiras aos pequenos e médios varejos. Visto que os bancos tradicionais costumam dar atenção somente as grandes redes.

A Credz conta com 48 redes de varejo em São Paulo, que atuam em moda, educação, construção, cama, mesa e banho. A bandeira conquistou a marca de um milhão de clientes este ano.

Cartão de Crédito Credz

Dessa vez a bandeira optou por não seguir a linha de cartões co-branded, e sim oferecer um cartão d crédito tradicional. Serão oferecidos pelos comerciantes para clientes que possuam uma renda menor.

Alguns clientes terão disponível o valor de R$ 600,00 em limite e até R$ 1.500,00 em compras parceladas. Lembrando que as compras serão financiadas com uma taxa de juros.

Credz inicia parceria com a Visa e emitirá mais de 1 milhão de cartões
Credz inicia parceria com a Visa e emitirá mais de 1 milhão de cartões – Foto: Shutterstock

Segundo José Renato a Credz cobrará R$ 14 de anuidade mensalmente do usuário, apesar de não oferecer anuidade grátis como muitas fintech, a bandeira oferece participação em programa de vantagens totalmente grátis.

A Credz vem atuando no mercado desde 2011 e trabalhando fortemente para se tornar referência no mercado de cartões.  A cada ano a empresa sobe o número de clientes ativos, seus cartões são aceitos em praticamente todos os terminais.

A bandeira firmou parceria com a Visa recentemente, mas já tem acordo com as lideres de mercado como Rede e Cielo. A Credz afirma que seu avanço tem como objeto alcançar outras regiões do Brasil.

Leia mais: