Juros subiram para quem paga mínimo da fatura do cartão de crédito

Se você costuma pagar o mínimo da fatura de seu cartão de crédito precisa saber que os juros ficaram mais caro. A informação foi divulgada pelo Banco Central nesta terça-feira (29).

Em 2018 o CMN (Conselho Monetário Nacional) resolveu editar uma norma com intenção de disciplinar as cobranças de encargos para casos de atrasos em pagamentos de cartões.

Juros sobem para quem paga mínimo da fatura do cartão de crédito
Imagem: Divulgação

Essa ação resultou em prejuízo para consumidores que acabam pagando o mínimo da fatura. Pois o juro médio do rotativo obteve um aumento, a taxa anterior era 242,6% ao ano e agora passou a ser 268,0% a.a.

A norma que foi vigorada em 1º de junho através da Resolução nº 4.655 do CMN estabeleceu que os bancos não cobrassem mais juros especiais dos clientes que entrassem no rotativo e ficassem inadimplentes.

Basicamente os juros cobrados continuariam sendo o do rotativo, com acréscimo de 2% de multa e juro mora de 1% ao mês. Pois existiam instituições bancárias que cobravam taxas maiores quando os clientes entravam em inadimplência.

A medida também estabeleceu que os bancos fixassem taxa mínima a ser paga por fatura, o que antes era estipulada como mínimo de 15%.

Ainda de acordo com as informações do BC a resolução apresentou uma diminuição nos percentuais do rotativo regular. Antes da nova regra a taxa era de 345,2% a.a e após passou a ser 297,7%.

Mesmo com esse recuo houve o aumento de 25,4 pontos percentuais, de 242,6% para 268,0% a.a.

Fernando Rocha, chefe do Departamento de Estatística do Banco Central, evitou comentar os números, mas reconheceu o problema.

Saiba mais!
Para obter mais conteúdos siga a Credicar Vantagens em nosso canal do Google News e nas redes sociais como Facebook, Twiter, Linkedin e compartilhe com seus contatos.

Acompanhe nossos artigos e fique por dentro de assuntos sobre Finanças Pessoais, Educação Financeira e outros.