23.3 C
São Paulo
28/09/2020

Número de empregos com carteira assinada cresce no Brasil durante o mês de setembro

Credicar Vantagens Número de empregos com carteira assinada cresce no Brasil durante o mês...

Na última segunda-feira (22) foram divulgados os dados sobre o número de empregos formais no Brasil, as informações apresentaram um aumento em comparação ao mês de setembro do ano passado.

De acordo com MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) o país gerou no mês passado 137.336 mil empregos com carteira assinada, resultando um crescimento de 0,36% quando comparado ao mês de agosto deste ano.

Em setembro de 2017 foram registrados 34,9 mil novos empregos, o número apresentando no mesmo mês este ano é considerado o melhor resultado para o mês de setembro desde o ano de 2013.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil / Estadão Conteúdo

Segundo o CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) no Brasil este ano de 2018 foram abertos 719.089 postos de empregos formais. E o último mês de setembro registrou 1.097.255 demissões e 1.234.591 registros de admissões com carteira assinada.

No acumulado do ano resultou em 719.089 vagas de emprego, sendo que o número apresentado no último mês foi o maior durante o ano todo, em agosto foram registradas 110.4 mil oportunidades de trabalho, anteriormente em julho foram 47.3 mil vagas preenchidas, já em junho o número foi o pior do ano registrando a marca negativa de somente 661 empregos, maio com 33 mil empregos e abril 115 vagas.

Desempenho por setores

O MTE também listou as contratações por setor e destacou o campo de Serviços com mais registro de empregos formais, no caso do que menos cresceu foi o setor Agropecuário.

  • Serviços – 60.961 contratações
  • Indústria de Transformação – 37.449 novas contratações
  • Comércio – 26.685 contratações
  • Construção Civil – 12.481 admissões
  • Serviços industriais de utilidade pública – 1.091 empregos
  • Administração pública – 954 contratações
  • Extrativa mineral – 403 novas oportunidades de emprego
  • Agropecuária – 2.688 demissões.

Com exceção do setor Agropecuário, todos os outros campos apresentaram mais admissões do que demissões.

Desempenho por regiões

Quando analisado o desempenho de novos empregos por regiões brasileiras, todas apresentaram resultados positivos, mas o nordeste ganha destaque por gerar um número maior de oportunidades de trabalho.

  • Nordeste – 62.177 novos empregos
  • Sudeste – 38.933 novas carteiras assinadas
  • Sul – 18.063 contratações
  • Norte – 10.262 admissões
  • Centro-Oeste – 7.901 novas oportunidades de emprego.

 

 

 

 

Bolsonaro afirma que sua meta é a criação de 10 milhões de empregos

 Jair Bolsonaro, candidato do PSL, juntamente com sua equipe econômica divulgaram ao Jornal O Estado de S. Paulo, que a meta de seu governo...

Amazon abre inscrições para 60 vagas de estágio

Nesta segunda-feira (01) foi divulgado pela empresa Amazon as inscrições para o processo seletivo do programa de estágio de 2019, são 60 vagas para...
X