21.8 C
São Paulo
26/09/2020

Receita libera pagamento do 5º lote de restituição do IR 2018

Credicar Vantagens Receita libera pagamento do 5º lote de restituição do IR 2018

Nesta segunda-feira (15) foram liberados os pagamentos referentes ao 5º lote da restituição do Imposto de Renda de Pessoas Físicas. As restituições residuais 2008 a 2017 também estão inclusas neste lote liberado. Lembrando que as consultas estão liberadas desde o último dia 5 e podem ser efetuadas pelo site da Receita Federal do Brasil 

Segundo a Receita Federal ao total serão 2.532.716 contribuintes que receberão R$ 3,3 bilhões, mas 2.459.482 destes contribuintes fazem parte do quinto lote IR 2018 totalizando R$ 3,157 bilhões. A Receita ainda informou que R$ 171 milhões são destinados a pessoas idosas ou com doenças graves seja física ou mental.

Receita libera pagamento do 5º lote de restituição do IR 2018 (Foto: reprodução)

As pessoas que têm direito a restituição devem estar atentas à prioridade de liberação dos pagamentos, que serão da seguinte forma: primeiro para idosos ou pessoas que possuem alguma doença grave mental ou física, em seguida para os contribuintes que enviaram suas declarações no começo do prazo, desde que não exista inconsistência de informações, omissões ou erros.

A expectativa de declarações recebidas para este ano de 2018 era de 28,8 milhões, mas a Receita Federal recebeu mais de 29 milhões dentro do prazo legal, superando a perspectiva e assim totalizando 29.269.987 declarações recebidas.

Malha Fina

São mais de 300 mil contribuintes na lista dos que caíram na malha fina, a Receita já começou o processo de envio de cartas para notificar 383 mil pessoas que totalizaram um valor de R$ 300 milhões em débitos.

Os contribuintes que estão na dúvida sobre a malha fina, basta acessar o site da Receita Federal através do Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) e consultar o extrato do IR.

Lembrando que para acessar o extrato é obrigatório ter o certificado digital ou o uso do código de acesso, qual pode ser gerado na página da Receita Federal.

Causas para cair na Malha Fina

Os dados da Receita mostram que nos últimos anos o maior motivo para os contribuintes caírem na malha fina é a omissão de informações sobre rendimentos e depois vem á falta de incoerência nos documentos sobre as despesas médicas.

Cai na malha fina, o que fazer?

Após a consulta do extrato o contribuinte deve identificar quais foram os motivos que geraram incoerência de informações pela Receita em sua declaração

Saque do auxílio de R$ 600 começa nesta segunda-feira; saiba quem tem direito

A Caixa Econômica Federal libera nesta segunda-feira (27) os saques presenciais do auxílio emergencial de R$ 600 em suas agências e casas lotéricas por...

Caixa libera o aplicativo do Auxílio Emergencial: Saiba mais

A Caixa Econômica Federal disponibilizou na manhã desta terça-feira (07), conforme previsto, o link para download do aplicativo que será usado para o cadastro...

Saiba quem tem direito ao auxílio emergencial de R$ 600 por mês

Os trabalhadores informais vão poder receber o auxílio emergencial por três meses de R$ 600 e as mães que são chefe de família (família...
X