Coca-Cola, Nestlé e PepsiCo são as que mais contribuem para poluição no mundo

 Na última terça-feira (09) foi divulgado um relatório que mostra o nome da Coca-Cola, Nestlé e PepsiCo como as maiores produtoras de lixo plástico no mundo, o documento que foi elaborado pela Greenpeace com o apoio do movimento Break Free From Plastic apresentou dados relevantes sobre os maiores responsáveis pela poluição com plásticos.

Dentro das 239 coletas efetuadas foram analisados 187 mil pedaços de plásticos em 42 países como intuito de analisar o tamanho do impacto que grandes organizações corporativas têm diante do problema mundial da poluição.

Coca-Cola, Nestlé e PepsiCo são as que mais contribuem para poluição no mundo (Press Digital/Thinkstock)

De acordo com a pesquisa outras grandes organizações também estão contribuindo para esta crise, empresas como a Danone, Colgate, Unilever entre outras tiveram lixos plásticos encontrados durante as ações de coleta. Mas foram as gigantes Nestlé, PepsiCo e Coca-Cola que representaram a maior parcela de lixo plástico pelo mundo, com 14% do total localizado.

Uma das informações que mais chamou atenção foi o fato da maior produtora de refrigerante do mundo a Coca-Cola possuir resíduos plásticos em praticamente todos os lugares, com exceção apenas de dois países dentro dos 42 pesquisados.

Segundo o coordenador global do movimento Break Free From Plastic, Von Hernandez, esse trabalho mostra o tamanho da contribuição negativa que grandes grupos empresariais têm no maior problema mundial de poluição com plásticos.

Dados do relatório

Os resíduos mais encontrados foram o tipo mais comum de plástico e o segundo foi o material usado em recipientes ou garrafas o PET. No Brasil as marcas que mais contribuem para a poluição com plásticos são: Kraft-Heinz, Mondelez, Hershey, Ferrero, Danone, Unilever, PepsiCo, Nestlé e Coca-Cola. Nas Américas do Sul e Norte as marcas Nestlé, Coca-Cola e PepsiCo são responsáveis por 70% de toda a poluição.

Respostas das marcas

Em resposta aos apontamentos da Greenpeace a Nestlé anunciou que trabalhará para mudar suas embalagens para recicláveis no prazo de 7 anos, no caso da Coca-Cola, a marca prometeu criar campanhas para reciclar e coletar todas as garrafas vendidas no prazo de 12 anos. A empresa PepsiCo ainda não divulgou suas ações ou informações sobre o caso.