5 dicas para quitar as dívidas e viver em paz

Estar endividado não é um problema. Isso mesmo, desde que as parcelas não ultrapassem 30% de sua renda mensal. Endividamento saudável é tomar crédito de forma consciente, com responsabilidade, e principalmente para o que agrega valor à sua vida. Agora, se você já não está conseguindo pagar suas contas no vencimento e quitar as dívidas, os credores estão te ligando e as contas estão se acumulando, você está inadimplente.

Não se sinta mal ou culpado! Não desanime, saiba que você não é o único a passar por isso. Chegar neste ponto mostra que faltou educação financeira. Mas você pode sair dessa situação, e mudar de vez esse quadro! Veja cinco passos para quitar as dívidas:

1- Levantamento das dívidas

Parta para a ação fazendo um levantamento de tudo que você deve para bancos e financeiras, sejam cheques, boletos e cartões de crédito. Verifique o que está vencido e a vencer: valor das parcelas, saldo devedor, prazo da operação e taxas contratadas.

Relacione também o que está vencido, como água, luz, escola, telefone, entre outros. Identifique quais são as despesas fixas (aquelas que ocorrem todos os meses), as essenciais e as supérfluas. Você deverá pensar em eliminar o que é supérfluo e reduzir ao máximo possível as essenciais.

Por fim, analise quais são as dívidas de valor, como financiamento de imóvel e veículo, e as dívidas sem valor, que são aquelas que não aumentam seu patrimônio ou que nada agregam realmente à sua vida.

2- Orçamento

Anote o valor de sua renda líquida e o valor que sairá nos próximos meses para pagar dívidas e despesas mensais. Utilize uma planilha ou um caderno, como você achar mais fácil. Assim você saberá quanto irá sobrar em seu bolso a cada mês para então negociar as dívidas atrasadas.

3- Priorizar pagamentos

Procure quitar primeiro as contas essenciais que correm risco de terem os serviços cortados, como água, luz, convênio médico, etc. Priorize também o pagamento das dívidas que têm juros mais altos, como cheque especial e cartão de crédito.

Atenção com as dívidas de valor, pois o credor poderá apreender o bem para liquidar a dívida.

4- Renegociar as dívidas

Ao negociar nunca tenha vergonha e sim tranquilidade, pois você quer pagar e o credor quer receber. Procure saber da menor taxa e dos maiores prazos possíveis, lembrando do orçamento que fez e que as parcelas devem caber nele.

Não havendo possibilidade de acordo entre as partes, você deverá poupar com disciplina o valor destinado para quitar as dívidas. Após um período, você já terá acumulado boa quantia para negociar o pagamento à vista. Terá a seu favor os juros compostos do investimento e o fato de que a dívida provavelmente passará para uma empresa de cobrança onde o “desconto” é significativo, chegando muitas vezes a 90%.

5 – Outras possibilidades

Você também pode pensar se há como aumentar a renda fazendo trabalhos extras. Poderá vender algo que comprou e não usa mais, como aparelhos de ginástica, roupas e outros itens.

Contudo saiba que o segredo para sair das dívidas não é ganhar mais dinheiro – é claro que isso ajuda – mas a chave é mudar o comportamento ao lidar com a renda que você já possui.

Em alguns casos é muito importante anotar por um período todos os gastos diários.

A Metodologia DSOP orienta o uso do Apontamento de Despesas. Anote nele todos os seus gastos diários – desde o valor pago por uma bala, gorjetas e cafés, até os maiores, registrando no momento em que o gasto ocorrer.

O Apontamento de Despesas é um grande aliado para que você possa identificar exatamente para onde está indo o seu dinheiro. O fato de anotar diariamente exerce um poder positivo incrível em sua forma de lidar com o dinheiro, experimente.

Por fim, para que você obtenha êxito é muito importante que a sua família tenha conhecimento da situação e participe do processo de mudança comportamental. Sair das dívidas é apenas seu primeiro sonho, no futuro você conquistará muitos outros!

Clique aqui para acessar o artigo no site da DSOP

Fique bem !

Fonte original do conteúdo: 5 passos para quitar as dívidas – Fale Conosco Através do nosso e-mail: [email protected]