FGTS será liberado com limite de saque, o valor máximo é R$ 500

Jair Bolsonaro assinará nesta quarta-feira (24) uma Medida Provisória liberando saques de contas ativas e inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) e PIS-Pasep.

Os valores estão previstos para serem liberados em agosto deste ano até março do ano que vem. O limite máximo para saques será de R$ 500,00 por conta.

De acordo com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o presidente ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciará a medida durante a cerimônia que acontece no Palácio do Planalto.

(FOTO: REPRODUÇÃO/FACEBOOK)

Ainda de acordo com Onyx, a liberação injetará R$ 30 bilhões na economia em 2019 e mais R$ 10 bilhões em 2020.

Quem tem direito ao saque FGTS

O ministro confirmou que todos os trabalhadores poderão retirar o valor a partir do próximo mês. O trabalhador pode decidir se usará ou não esse recurso.

Limite de Saque

Onyx explicou que os saques terão limites de R$ 500,00 por conta, mas que os valores poderão ser alterados a parti do próximo ano. A pessoa que efetuar o saque pode continuar usando o restante do dinheiro para um financiamento de imóvel, não perderá esse direito.