22.9 C
São Paulo
28/09/2020
Início Site Página 2

FGTS em Atraso: Descubra como Regularizar

0

O que é FGTS?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) tem o objetivo de ser uma reserva para garantir a segurança financeira do trabalhador em casos de perda do emprego. Esse é um dos recolhimentos que um empregador deve fazer regularmente.

Quem tem direito ao FGTS?

O FGTS é para todo funcionário que possui contrato de trabalho formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e, também, trabalhadores domésticos, rurais, temporários, intermitentes, avulsos, safreiros e atletas profissionais.

O FGTS é disponibilizado para todos como o acesso ao montante só ocorre em situações específicas — como demissão sem justa causa —, muitos empregadores cogitam a possibilidade de acertar o valor do FGTS atrasado somente na hora da rescisão. Será que isso é permitido pela lei?

Dúvidas sobre o assunto são frequentes e, por isso, criamos este artigo com tudo o que os empregadores precisam saber sobre o FGTS em atraso. Aqui você verá informações sobre penalidades e sobre como fazer a regularização. Confira!

Como funciona o recolhimento do FGTS?

Os empregadores devem recolher mensalmente um valor equivalente ao percentual de 8% da remuneração do trabalhador para o FGTS. Existem exceções: no caso do jovem aprendiz, a alíquota é de 2%.

Ou seja, o valor de R$ 160 reais é recolhido em valor de um colaborador que tem o salário de R$ 2.000 reais. Um aprendiz que recebe R$ 1.000 reais tem o desconto de R$ 20 reais.

Em casos de demissão por parte do empregador, o pagamento das verbas rescisórias — Incluindo o FGTS, a multa de 40% e a contribuição social de 10% — deve ocorrer até o 1º dia útil após a rescisão ou até o 10º dia depois da comunicação da demissão em caso de inexistência de aviso prévio ou aviso prévio indenizado.

Diversos motivos — como falta de dinheiro ou desconhecimento da lei — podem fazer com que uma empresa atrase o recolhimento do dinheiro. Muitas vezes, os trabalhadores só percebem que algo está errado quando são desligados e vão sacar o FGTS.

Uma situação recente que levou pessoas a descobrirem que seus empregadores não fizeram o pagamento correto foi o saque das contas inativas do FGTS promovido em 2017. Dito isso, não fazer o recolhimento em dia pode até parecer uma prática comum, mas pode gerar sérias implicações à organização.

Vejamos a seguir quais são as penalidades aplicáveis!

Quais penalidades o atraso nos depósitos do FGTS gera para a empresa?

A prática de atraso ou inexistência do pagamento das parcelas do FGTS é ato ilícito e o empregador pode ser multado conforme o artigo 477 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Outra consequência bastante onerosa à empresa é a rescisão indireta por parte do trabalhador, espécie de “justa causa do empregado”. O colaborador pode solicitar a rescisão indireta quando percebe que o depósito do FGTS não está sento realizado.

Na rescisão indireta, o colaborador decide romper o contrato de trabalho, pois o empregador deixou de cumprir suas obrigações. Ele tem direito às mesmas verbas rescisórias da demissão sem justa causa, incluindo o pagamento da multa de 40% do FGTS.

Atualmente, descobrir isso é muito mais fácil, pois existem diversos meios para acompanhar o extrato da conta — como aplicativos de celulares, internet banking e o comunicado bimestral enviado por correio.

Em casos de atraso no pagamento do FGTS na verba rescisória, não observando o prazo descrito no primeiro tópico deste artigo, a empresa deve arcar com multa no valor de uma remuneração do trabalhador, devidamente atualizada. O trabalhador pode, ainda, entrar com uma ação na justiça contra o empregador.

O que fazer quando há FGTS em atraso na demissão?

Mesmo quando é o colaborador que pede demissão, a empresa deve regularizar os depósitos em caso de rescisão contratual.

Independentemente de a empresa ter problemas financeiros ou de ter um acordo para o pagamento de parcelas atrasadas do FGTS com a Caixa Econômica Federal, o empregador deve pagar ao trabalhador as diferenças dos valores para quitação integral do seu FGTS.

Vale destacar que, caso a empresa não tenha realizado os depósitos mensais, ela está sujeita a fazer o pagamento do total em atraso e corrigido monetariamente de uma única vez.

Como calcular o FGTS em atraso?

Em primeiro lugar, é preciso ter conhecimento do salário que foi pago ao trabalhador no período de FGTS em atraso — incluindo todos os ganhos como horas extras, comissão, adicionais noturnos, insalubridade e periculosidade.

Com a soma de todos os rendimentos, multiplique o valor total por 8%. Por último, acrescente os juros de mora, o valor da taxa referencial e a multa por atraso conforme os meses de pagamento pendentes e assim você saberá o valor do FGTS em atraso.

Como regularizar FGTS em atraso?

O Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (SEFIP) é um programa feito para agilizar o processo de recolhimento do FGTS. O programa é encontrado para download no site da Caixa e o recolhimento dos depósitos em atraso é feito por meio dele. Confira o passo a passo para a fazer a regularização:

1. Baixe o índice do mês em que você efetuará o pagamento da guia vencida. Salve o arquivo em local acessível.

2. Com o arquivo no computador, entre no SEFIP e vá em: ferramentas > carga manual de tabela > índice > FGTS. Localize o arquivo que foi salvo. Ao final do processo surgirá a mensagem “carga atualizada com êxito”.

3. Escolha a opção de importar o arquivo do FGTS do programa de sua folha de pagamento.  Escolha abrir novo movimento e selecione a opção FGTS em atraso. Informe a data de recolhimento colocando a data de pagamento. Execute e transmita o arquivo como é feito habitualmente.

4. Após a conclusão dos passos, imprima o novo protocolo de entrega e a GRF em atraso.

Sempre que for realizar um pagamento em atraso, é preciso atualizar a tabela para o período em vigor. Ela é divulgada todo começo de mês e vale até o dia 9 do mês seguinte.

Não recolher o FGTS em dia é um ato ilegal que pode gerar multas, rescisão indireta de contrato de trabalho e processos judiciais. Agora que você conhece todas as implicações do FGTS atrasado e tem um passo a passo para regularizar a situação, ajuste os processos da sua empresa e evite problemas!

 

Fonte Original do conteúdo: blog.convenia.com.br

Aprenda a solicitar um cartão de crédito Nubank

0

O cartão de crédito é um produto que nasceu no mercado para facilitar a vida das pessoas consumidoras. Mas, o cristão pode ter um cartão como esse? É claro que sim. Mas é necessário saber usá-lo de forma a favorecer a sua fé, como para parcelar e fazer compras em uma viagem à Terra Santa, por exemplo.

Mas, o que poderia levar um filho de Deus a solicitar o cartão de crédito do Nubank? A facilidade em usá-lo para compras, em lojas, sites e em outros países. Além do fato de que esse é um cartão internacional e totalmente sem custo de anuidade, o que não acontece nos grandes bancos.

Veja como funciona o Nubank e por que ele pode ser um grande aliado do cristão que tem planos para o futuro, como auxiliar na construção de uma Igreja ou viajar para o lugar onde Jesus passou boa parte da vida em Terra.

Nubank para o cristão: organize as finanças com sabedoria

O cartão de crédito mais famoso do Brasil hoje em dia é o Nubank. Mas, por que o cristão poderia solicitar um cartão como esse? Será que isso faz algum sentido? A verdade é que o produto financeiro tem suas vantagens e quem quer exercer a sabedoria de Salomão pode usar isso a seu favor.

Por exemplo, vamos considerar as mais variáveis situações nas quais a pessoa que acredita em Deus pode usar um cartão de crédito a seu favor, respeitando e seguindo os conselhos do Testamento Divino.

Viva momentos de benção com a ajuda do Nubank

Em uma viagem internacional, por exemplo. Isso porque o cartão Nubank é internacional e o cristão que tem fé sabe que visitar a Terra Santa é algo incrível. Afinal, poder estar onde Jesus passou boa parte da vida é algo muito especial, que dá para sentir na pele.

Outra situação é para o caso do auxílio na construção ou na reforma de igrejas. O cartão Nubank é um cartão de crédito sem anuidade que permite a compra de vários itens e peças de forma parcelada, sem que o cristão precise se endividar e, ainda assim, possa ajudar a sua Igreja e o povo.

Como solicitar o cartão Nubank

Independente da fé, que é motivo para solicitar o cartão Nubank, o cristão deve considerar uma única forma de pedir o seu produto financeiro, sendo através da plataforma digital, que pode ser com o download do aplicativo gratuito para celular ou através do site.

Isso porque o Nubank é uma empresa digital, que tem um cartão de crédito igualmente digital. Com essa facilidade, nenhum cliente desta empresa precisa ir até uma agência bancária e passar por todo processo burocrático para ter ou pedir o produto.

No entanto, mesmo que o pedido seja online, o cliente passa por uma análise de crédito, que inclui a consulta no SPC e no Serasa e o envio de dados pessoais, como nome completo, número do CPF e RG, além do anexo de fotos comprobatórias.

Nome negativado: e agora?

Como este não é um crédito destinado a pessoas que têm pendências financeiras, provavelmente será difícil ter acesso ao cartão se este for o seu caso. No entanto, como as misericórdias do Senhor se renovam a cada manhã, nunca é tarde para buscar se organizar nesta área.

Procure quitar as suas dívidas, pagar tudo o que deve e limpar o seu nome nas instituições de proteção ao crédito. Dessa forma, ficará mais fácil conseguir ter acesso aos benefícios do cartão Nubank e outros formatos de crédito. Além disso, é claro, você vai poder dar um bom testemunho de plenitude e prosperidade nas vida financeira.

Taxas do Nubank

O Nubank tem o diferencial de ser um cartão de crédito com função internacional e isento de tarifas, como a anuidade, o saque no cartão, emissão da 2ª via, etc. No entanto, ele pratica as taxas de juros no crédito rotativo (até 14% ao mês) e no parcelamento da fatura (até 13,75% ao mês).

Também gera multa em caso de atraso no pagamento da fatura. Para este caso, o percentual aplicado sobre o valor da cobrança é de 2%. Todas as informações financeiras e de taxas de juros estão disponíveis no site do Nubank.

SAC Nubank: tire todas as suas dúvidas

Caso você tenha ficado interessado neste produto financeiro, recomendamos que antes de concretizar a solicitação seja realizado um contato com a própria Nubank. Desta forma, você poderá ficar seguro de todas as informações que aqui foram apresentadas.

Para isso, a instituição dispõe de algumas modalidades para contato. São elas:

  • Via telefone: para contatar o SAC, disque 0800 591 2117. Através desse número, você terá suporte 24h para qualquer dúvida ou problema que tiver com o cartão ou com os demais serviços da empresa;
  • Chat virtual: no próprio aplicativo para smartphone, dê início a uma conversa no chat disponível. A tecnologia da Nubank é melhorada dia após dia para atender seus clientes.

Homem Descobre Uma Corrente De Metal e Seu Instinto Lhe Diz Para Continuar Cavando

0

O galês Mike Smith praticamente cresceu com um detector de metais nas mãos. Desde os 12 anos, ele está em campos, bosques e outros locais em busca de tesouros enterrados. O sonho: encontrar algo extraordinário.

Mas ele nunca esperava encontrar uma corrente antiga enterrada a alguns metros de onde estava. Quando seu intestino lhe disse para continuar cavando, ele apenas seguiu. Ele jamais adivinharia o que estava prestes a desenterrar.

Conheça Mike, Um Admirador De Detectores De Metais

Mike Smith é um entusiasta de detecção de metais de Pembrokeshire, País de Gales. Portanto, sair para procurar um tesouro enterrado em um dia chuvoso nunca foi um sacrifício para ele. Afinal, ele tinha o sonho de encontrar algo precioso escondido por aí.

Meet Mike, A Metal Detector Hobbyist

Bruce Forbus/Pinterest

Mas ele nunca esperava que o bipe alto de sua máquina mexeria tanto com sua mente. Logo, a adrenalina começou a bombear em suas veias enquanto ele girava o detector para frente e para trás sobre o solo úmido. O que havia lá embaixo?

Nubank o Melhor cartão de credito segundo os Brasileiros

0

As facilidades e comodidades possibilitadas pelo uso do cartão de crédito em nossa rotina são inúmeras, e para facilitar a vida de muitos brasileiros, o Cartão de Crédito Nubank, vem se tornando o “queridinho”.

O Cartão Nubank, oferece facilidades na hora da solicitação, sem burocracia, e os juros são mais em conta que outros cartões de créditos, o Nubank oferece tres tipos de produtos/serviços inovadores: cartões de crédito sem anuidade e taxa de adesão; programa Rewards de recompensa (seu programa próprio de milhas) e NuConta.

Certamente o mais popular destes serviços é o cartão de crédito Nubank. A empresa surgiu como pioneira na oferta de cartões de crédito sem a necessidade de vínculo direto com uma conta corrente.
O Nubank oferece cartões de crédito sem anuidade e taxa de adesão. O limite, por sua vez, varia de cliente de cliente (considerando sua renda mensal, que, inclusive, não precisa ser comprovada).

Vantagens do Cartão de Crédito Nubank

  • Não cobra anuidade.
  • Descontos na antecipação de pagamentos.
  • Facilidade em acompanhar o extrato pelo app.
  • Autonomia para solicitar aumento de limite.
  • Qualidade no atendimento ao consumidor.
  • Bloqueio do cartão pelo app.
  • Cartão virtual.
  • Possibilidade de fazer saques.

Tem como aliado um programa para baixar em seu celular Android ou iOS e acompanhar sempre seus gastos, limites ou verificar se houve compra indevida em tempo real de uso do cartão, podendo usar esse programa também para bloquear seu cartão em caso de perda ou furto. Por ser também um cartão virtual, o cartão não cobra anuidade, tarifas de uso e nem alguma outra taxa.

Como solicitar o Cartão de Crédito Nubank

Para realizar o pedido do cartão é necessário que acesse o site www.nubank.com.br, em seguida selecionar no canto direito da tela a opção “Pedir meu convite”, para fechar o cadastro é necessário preencher uma pequena ficha com seus dados, nome, CPF, e-mail para contato, após só aguardar o e-mail que será enviado informando se foi aprovado.

Requisitos básicos para realizar o cadastro

  • Seu nome deve estar limpo na praça
  • É necessário ter boa capacidade de limite no mercado
  • Mesmo não precisando comprovar renda, estamos falando de uma instituição financeira, por isso necessita de uma verificação de cadastro para saber se você pode pagar as faturas.

Não temos estigmatiza de quando seu cadastro vai ser confirmado, pode ser aprovado dentro de um semana há um mês. Mas podemos considerar que normalmente o cartão físico chega em menos de dez dias, A liberação, é cadastrada online mesmo. O limite será ditado após a análise de seus dados, tudo dependerá do seu histórico na praça, com critérios próprios da empresa que fará o julgamento da conta.

Confira 7 tendencias no ambiente econômico para 2020

0

O Ministério da Economia projeta que o Brasil registrará crescimento econômico de 2,40% em 2020. Isso mostra que a expectativa é de um ano de melhoria no nosso país. Mas quais são as principais tendências na economia nacional?

Imagem Divulgação

Todos os anos, existem temas, segmentos e perspectivas que marcam o ano e apresentam as melhores oportunidades de performance para investidores, empresários e todas as pessoas que atuam no mercado econômico.

Por isso, é essencial saber quais as tendências na economia em 2020 para se planejar e aproveitá-las ao máximo. Ficou interessado em saber quais as principais tendências? Então siga a leitura!

1. MUDANÇAS NO INSS É UMA DAS TENDÊNCIAS NA ECONOMIA EM 2020

O ano de 2019 ficou marcado pelo debate em relação a Reforma da Previdência. O ano inteiro foi dominado pelo assunto, que só foi votado e aprovado pelo Congresso no fim de outubro.

Por ser uma mudança tão significativa, as alterações no INSS e derivados também serão uma das grandes tendências de 2020. Não tanto por novas reformas, mas pelo controle de aplicação das novas regras.

Em 2020, as empresas ficarão de olho no calendário de pagamento INSS, nas novas alíquotas de recolhimento, nas alterações nas regras de benefícios fora da aposentadoria e muito mais.

Para quem trabalha, será um ano de adaptação às mudanças e entendimento prático do que foi debatido apenas no ramo intelectual em 2019.

No site Meu INSS você pode ter todos os detalhes sobre pagamentos e novidades. 

2. AUTOMAÇÃO PRODUTIVA SERÁ UM ASSUNTO MUITO DISCUTIDO NO ANO

Uma das maiores discussões da economia mundial é a automação produtiva. Em 2020, o assunto deverá chegar a um ponto inédito, já que as tecnologias que permitem essa tendência estão se aprimorando.

Por exemplo, as cadeias automotivas não estão mais restritas apenas às fábricas. Elas estão chegando a setores de serviços, como entregas (a China já fez a primeira entrega por drones), advocacia e até em lanchonetes, com o robô que frita hambúrgueres automaticamente.

3. QUEDA DA RENDA FIXA E ASCENSÃO DA RENDA VARIÁVEL PARA OS INVESTIDORES

2019 trouxe um recorde para a economia brasileira: o menor patamar da Taxa Selic da série histórica. Nunca a taxa de juros da economia foi tão baixa.

Com isso, a perspectiva é que, novamente, a Caderneta de Poupança deixe de ser um bom investimento: com os números atuais, ela deverá perder em cerca de 0,5% da inflação em 2020.

Por isso, uma das tendências na economia para investidores é remover as aplicações de títulos de Renda Fixa, como o Tesouro Direto, LCIs, LCAs e CDBs e direcioná-los para a Renda Variável, mais lucrativa.

Se a Bolsa de Valores já bateu recordes em 2019, a perspectiva é que ela bata muito mais em 2020, com esse crescimento e valorização das possibilidades de Renda Variável.

4. FOCO AMBIENTAL PARA EMPRESAS E POLÍTICOS DE TODOS OS LUGARES

A personalidade do ano pela revista Time em 2019 foi a ativista Greta Thunberg. Nos EUA, a congressista Alexandria Ocasio-Cortez foi a mais comentada ao propor o Green New Deal, um acordo econômico que visa zerar as emissões de carbono no sistema produtivo americano até 2020.

Ainda nos EUA, o candidato à presidência pelo Partido Democrata, Bernie Sanders, tem subido nas pesquisas com um discurso ambientalista, o mesmo que deu destaque nas votações na União Europeia em 2019.

É inegável que o ambientalismo está em pauta em 2020, especialmente a cada vez que relatórios de cientistas saem com alertas sobre o meio ambiente e o aquecimento global.

Por isso, uma das grandes tendências na economia em 2020 será o foco ambiental que as grandes empresas e políticos darão para as suas ações e qual o impacto econômico disso.

5. MARKETING INTERATIVO COMO FERRAMENTA DE CRESCIMENTO ECONÔMICO

O Marketing é um setor em constante transformação. O que funciona em um ano, não dá resultados em outro pois o jogo já mudou quase que completamente. 

Em 2019, o foco foram nos influenciadores. É fato que eles ainda permanecerão em evidência em 2020, mas a grande tendência será o marketing interativo como plataforma de crescimento.

As grandes empresas utilizarão ferramentas de interação como realidade aumentada, realidade virtual, pesquisas, jogos e outros elementos com base em dados para obter os melhores insights e negócios de seus clientes.

6. ASSINATURA COMO SERVIÇO É UMA DAS TENDÊNCIAS NA ECONOMIA DE 2020

O segmento de assinatura como serviço vem crescendo ano após ano e deve chegar ao auge em 2020. Além das famosas caixas-surpresa, que são vendidas com dezenas de temáticas como roupas, livros, comidas, brinquedos e mais, praticamente qualquer serviço será vendido como assinatura em 2020.

Já existem aqueles que oferecem cardápios por assinatura (basta escolher uma opção e receber em casa todos os ingredientes para a comida da semana), advocacia, mentoria, contabilidade e muito mais.

As principais ferramentas para os serviços de assinatura, como entregas mais ágeis, parcerias para vendas em escala e marketing pela Internet, já estão desenvolvidas o suficiente para gerar resultados cada vez maiores.

Além disso, o alto nível de desemprego estimula as pessoas a encontrar soluções criativas para conseguir dinheiro, o que gera negócios inovadores como esses. Por isso, ainda há muita margem de crescimento para o setor.

7. COMPARTILHAMENTO E COWORKING EM VÁRIOS SETORES DIFERENTES

Por fim, 2020 será o ano em que a queda do espaço físico como obrigatoriedade de negócio acontecerá como uma das grandes tendências na economia.

Coworking e espaços compartilhados (como as cozinhas que estão abrindo nas grandes capitais) permitirão a criação de empresas que existem no espaço digital, mas cujo espaço físico está em constante mudança.

Isso permite que as empresas seja mais livres para se realocarem sempre que quiserem, uma vez que não têm uma base fixa em algum lugar. Por exemplo, um cozinheiro pode criar um restaurante em um aplicativo como o Rappi e alugar diversas cozinhas compartilhadas pelo Brasil, fazendo uma espécie de “turnê” com os seus pratos.

Ao mesmo tempo, abrir empresas e restaurantes fica mais barato, o que permite um maior nível de empreendedorismo no país.

E aí, o que achou das principais tendências na economia em 2020? Acha que tem o que é preciso para explorá-las ao máximo? Então deixe um comentário abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

Os 10 melhores cartões de crédito sem anuidade para 2020

0



O novo ano de 2020 está batendo na porta, e esperamos que todos os problemas de 2019 se resolvam. Além disso, esperamos que a economia brasileira melhore, e que o povo possa viver com mais qualidade. No sentido financeiro, um bom cartão de crédito é fundamental para a realização de sonhos. Pensando nisso, nós selecionamos os 10 melhores cartões de crédito sem anuidade para 2020.

O cartão de crédito é uma excelente maneira de fazer compras à prazo e de parcelar os produtos mais caros, como smartphones, computadores, televisores e tantas outras coisas que você pode comprar. Além disso, com o cartão de crédito você pode até mesmo ter um maior controle financeiro dos seus gastos, pois cada compra fica registrada.

Para conseguir um cartão de crédito sem anuidade, cuide seu score de crédito

É fundamental ter um bom limite no cartão de crédito para poder realizar tais compras, e para isso, você deve atentar-se ao seu score de crédito. Se você quer saber mais sobre como aumentar seu score de crédito e assim conseguir um bom limite, consulte nossas dicas abaixo:

Com estes cartões, você não terá o pagamento de taxa de anuidade, e pode usar esse dinheiro que economizará para comprar coisas que você quer e precisa. Sem mais delongas, vamos conhecer as melhores opções de cartões de crédito sem anuidade para 2020 que vão possibilitar a você fazer compras parceladas e à prazo sem custos extras.

Os 10 melhores cartões de crédito sem anuidade para 2020

1. Next – cartão de crédito sem anuidade

Em primeiro lugar vamos falar do Next, que mudou muito em 2019 e se tornou a melhor opção de cartão de crédito sem anuidade para 2020. Antes de mais nada é importante salientar que ele é totalmente livre de taxas. Além disso é um cartão que enche você de mimos exclusivos, como descontos em diversos parceiros e cashback.

Além disso o Next ainda possibilita um ótimo controle financeiro através do aplicativo. E é no aplicativo que você faz tudo o que precisa: Acessa e paga a sua fatura, visualiza suas próximas faturas, solicita aumento de limite e recebe atendimento no suporte. O Next é de propriedade do Bradesco, mas o banco prometeu que em 2020 vai dar idependência à fintech.

2. Banco Inter – cartão de crédito sem anuidade

Banco Inter

Em segundo lugar vem um que quem acompanha meus artigos deve ter imaginado que estaria aqui, nos primeiros lugares da lista. Excelente opção para quem quer um cartão de crédito sem anuidade e totalmente digital é o cartão de crédito do Banco Inter. Eu super recomendo este cartão para quem tem o score baixo, pois fui aprovada nele com cerca de 400 pontos no score do Serasa Experian, e com um limite bom.

Além do mais, são muitas vantagens do cartão de crédito do Banco Inter, como a estabilidade de muitos anos no mercado (são 24 anos), cashback nas suas compras, um cartão totalmente digital e vantagens exclusivas com parceiros no Super App.

3. Nubank – cartão de crédito sem anuidade

Nubank melhores cartões de crédito sem anuidade para 2020
Imagem: Blog Nubank

Em terceiro lugar trago à vocês o Nubank, o mais famosa cartão digital do Brasil, e sonho de consumo de muita gente. Aliás, muitos acharam que ele estaria em primeiro lugar, só que não. Embora tenha mais de 5 milhões de clientes pra lá de satisfeitos, o Next e o Inter trouxeram novidades importantes neste ano, e por isso mereceram os dois primeiros lugares.

Mas voltando ao Nubank. os motivos da satisfação de seus clientes são a ausência de anuidade em um cartão de crédito internacional, controle total de todas as operações do cartão, bem como seus gastos em tempo real diretamente pelo aplicativo, e ainda com a tecnologia de pagamento por aproximação contactless.

4. Dígio

Este cartão que é do Banco CBSS, administrado pela holding Elopar, cujos acionistas são Bradesco e o Banco do Brasil, é um dos maiores concorrentes do Nubank, e uma excelente opção para quem procura por um cartão de crédito sem anuidade. O Digio é internacional e todas suas operações são controladas pelo aplicativo. O Dígio também é famoso por conceder bons limites de crédito e permitir que você aumente seu limite através do app. E se o app não disponibiliza aumento de limite, você pode conferir nossas dicas de como conseguir mais limite de crédito no Digio.

5. C6 Bank

Melhores cartões de crédito sem anuidade para 2020 C6
Imagem: C6 Bank

Aqui está uma opção boa para quem tem score baixo. O C6 Bank aprova facilmente, e disponibiliza um ótimo serviço de crédito. Com ele, você terá absoluto controle pelo app da fintech, além de um cartão de crédito sem anuidade e com a tecnologia de pagamento por aproximação contactless.

6. Cartão Credicard Zero

Credicard Zero

Outra excelente opção para quem busca um cartão sem anuidade é o Credicard Zero. Este cartão oferece aos seus clientes descontos no Uber, Decolar.com, Netshoes, Magazine Luiza, Extra, entre outros parceiros. Além disso, você controla tudo pelo aplicativo do celular, ou seja, é um cartão de crédito 100% digital e com a tecnologia de pagamento por aproximação contactless.

7. Cartão Pag!

cartao de credito sem anuidade PAG
Imagem: Meu Pag!

Outro cartão de crédito sem anuidade e totalmente digital é o pag!. Integrante do Grupo Avista, uma corporação com mais de 20 anos de história, o cartão oferece controle total pelo aplicativo no smartphone. Esse cartão também oferece um bom limite de crédito e a possibilidade de solicitar aumento.

E segundo o o CEO do pag!, Felipe Félix, podemos esperar boas novidades em 2020. Ele garante que a empresa está entrando em uma nova fase, oferecendo aos clientes uma estrutura ainda mais robusta em tecnologia e com um olhar muito mais direcionado a pessoas, branding e marketing.

8. Meu Cartão

melhor cartao de crédito sem anuidade meu cartao
Imagem: Priscilla Kinast / Redação SCD

Meu Cartão é um cartão de crédito internacional, sem anuidade e conta com a tecnologia de pagamento por aproximação contactless. A saber, ele é de propriedade das lojas Renner (normalmente é oferecido para os clientes do crediário da loja), é uma excelente opção para quem está com o score de crédito baixo e com dificuldades de ser aprovado em outros cartões.

Antes de mais nada, para solicitar o seu cartão, vá diretamente a uma das Lojas Renner com os documentos em mãos (RG e CPF) e aguarde pela análise de crédito. E vale muito a pena porque nas lojas físicas da Renner você pode comprar em até 5x sem juros, 8x fixas com juros ou até 10x sem juros quando for produtos de perfumaria, beleza e relógios. Entretanto, na loja virtual da Renner você compra em até 10x sem juros. E não é só na Renner, você pode comprar com o Meu Cartão em qualquer estabelecimento que aceite a bandeira Visa.

10. BMG Card MasterCard

BMG
Imagem: BMG

Se você é aposentado, pensionista ou trabalha como servidor público, o BMG Card é um cartão consignado, ou seja, você nem vai se preocupar com o pagamento da fatura, pois ele desconta automaticamente o valor da fatura do seu salário ou benefício. Além disso, não se preocupe com seu score, pois ele pode pode ser até uma ótima opção de cartão de crédito para negativados.

10. Cartão Santander Free

Santander Free
Imagem: Santander

O último cartão de crédito sem anuidade da nossa lista, mas nem por isso menos importante, é o Santander Free. Ademais, ele é uma ótima opção para quem tem score baixo e não está sendo aprovado em outros cartões como Nubank ou Dígio, que tem fama de serem mais exigentes.

Ao contrário do que muita gente pensa, para pedir o cartão Santader Free não é necessário ser correntista do banco Santander, embora isso ajude na aprovação, é claro.  Além disso, com o Santander Free você controla tudo pelo aplicativo.

Porém, cabe salientar que o Santander Free não é totalmente sem anuidade, mas pode ser, basta você gastar pelo menos R$ 100 nele todos os meses que ficará livre da anuidade.

Fonte original do conteúdo: seu credito digital



Analista Senior – TECNOLOGIA COM FOCO EM FISCAL

0

Esse profissional deve realizar uma leitura do negócio e implementar novas tecnologias para evolução e melhoria de processos e atividades transacionais, desenhar e desenvolver automações de processos, garantir a padronização de documentos funcionais/técnicos gerados para os desenvolvimento e geração de manuais de automações e atualização de documentos.

DOC e TED: qual devo escolher?

0

Transferências bancárias são boas conhecidas nossas nesse mundo do dinheiro. Vira e mexe, a gente tem que tirar um dinheiro da nossa conta pra transferir pra de outra pessoa em um banco diferente. Parece bem simples até virem as dúvidas: fazer um DOC ou um TED?, Qual deles é melhor?, Mas afinal, qual é a diferença entre DOC e TED?.

Se identificou com essa situação? Então se prepara pra tirar todas as suas dúvidas comigo!

TED: que raios é isso?

Transferência Eletrônica Disponível, nosso conhecido TED, é a transferência em que o dinheiro cai na conta de quem tá recebendo no mesmo dia que você fez a operação. Mas desde que você faça isso até às 17h, ok? Depois desse horário, a grana só vai pra outra conta no dia útil seguinte. A outra parte boa é que com ela tá tudo liberado! Você pode transferir a fortuna que quiser, porque não tem limites!

Nossa, um TED é perfeito então!?… Calma lá, amigo. Nada é perfeito nessa vida! A parte ruim do TED é que não dá pra se arrepender. Mandou alguns centavos (ou milhões) a mais e quer de volta? Pelo banco, não dá pra voltar atrás e cancelar.

E o DOC então? Que que é isso?

O Documento de Ordem de Crédito, nosso bom e velho DOC, é uma transferência mais preguiçosa. Você pede em um dia e o dinheiro só cai na conta de quem vai receber no dia útil seguinte. E isso se você não deixar pra fazer a operação depois das 21h59, hein? A partir desse horário, a grana só é transferida 2 dias depois!

Além disso, o DOC também não é tão liberal quanto o TED. Com ele, só dá pra fazer transferência de até R$ 4.999,99.

Massssss, como tudo tem um lado bom na vida, o DOC também tem o seu charme! Ele é perfeito pros arrependidos! Se você mandou uma grana e agora quer de volta, é só ir até o banco e pedir pra cancelar. Mas fica esperto com os prazos pra isso, tá?

Resumindo

Precisa transferir o dinheiro o mais rápido que der? Vai de TED!

Não é urgente e você tá na dúvida se quer transferir ou não? Faz um DOC!

Mas e os preços do TED e do DOC?

Os bancos costumam cobrar a mesma taxa pra fazer DOC ou TED. Então, na hora de escolher entre eles, o preço não vai interferir. Mas, em compensação, cada banco cobra o quanto quer. Então, pode ser bem interessante ir atrás desses valores quando você for decidir onde quer abrir uma conta. No site da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) é só acessar a ferramenta Star que lá tem todas as tarifas atualizadas cobradas pelos bancos!

A conta que ninguém te conta!
Já que economizar é sempre bom, outra dica é fazer o DOC ou o TED pela internet ou em caixas eletrônicos. As taxas são mais baratas do que se você fizer isso na agência do banco.

BancoTaxa presencialTerminal de auto-atendimento e outros meios eletrônicosInternet
Bradesco17,859,709,70
Santander18,509,909,90
Itaú19,1010,2010,20

Fonte: FEBRABAN (taxas de outubro de 2018)

E como eu faço um DOC ou um TED?

Na internet, nos caixas eletrônicos ou no próprio banco o passo a passo é o mesmo.  É só saber essas informações de quem vai receber o dinheiro:

  • CPF ou CNPJ;
  • Nome (se quem for receber for uma pessoa física) ou razão social (se for uma pessoa jurídica);
  • Código do banco (separamos os principais aqui nessa tabela abaixo);

Fonte: FEBRABAN

  • Número da agência;
  • Número da conta.

Errou algum dado na hora de preencher? Relaxa! No dia seguinte você já tem o seu dinheiro de volta.

A grana não entrou na conta de destino mas também não voltou pra sua? Corre pra falar com o seu banco e ver onde foi parar o seu dinheiro!

Ah! Não esqueça também que muitos bancos não deixam você fazer um DOC para uma conta poupança. Mas o TED é garantido!

Agora vai ser bem mais fácil escolher entre o TED e o DOC na hora de fazer uma transferência, né? No Guiabolso, dá pra acompanhar sempre essas movimentações – inclusive o que entrou na sua conta! Fora que é uma super mão na roda pra entender pra onde o seu dinheiro tá indo, já que ele divide sozinho todos os centavos gastos nas categorias. Demais, né?

O app tá disponível pra Android e pra iOS! Mas também tem a versão web, viu? Assim dá pra todo mundo usar! Já experimentou? Conta pra gente aqui nos comentários o que você achou 

Fonte original do conteúdo: Guia Bolso

Governo do Estado tem vagas abertas para cursos gratuitos

0

São vagas nas áreas de grafite e design de moda; as inscrições já estão abertas e se encerram no dia 3 de março

O governo do Estado está com para os cursos do programa São Paulo Criativo em Campinas. São vagas nas áreas de grafite e design de moda. As inscrições já estão abertas e se encerram no dia 3 de março.

As inscrições podem ser realizadas através do site. Ao final deste período, os alunos vão receber uma convocação por e-mail com a data, horário e local de comparecimento para início do curso.

Podem participar maiores de 16 anos, alfabetizados e que residam no Estado de São Paulo. As aulas têm previsão de início a partir da segunda semana de março.

O programa atua na qualificação e formação profissional dos inscritos com foco no desenvolvimento da criatividade de forma inovadora e empreendedora.

Os cursos são realizados em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e do Centro Paula Souza.

Fonte: Cidade On

Cartão de Crédito Apple Card como funciona vale a pena?

0

Já ouviu falar do cartão Apple Card? Ele tem cashback diário que cai direto na carteira (Wallet) da conta Apple, e pode ser utilizado para comprar produtos.

O CashBack pode ser de 1% a 3%, dependo da loja e do produto. Interessante, não acha? Veja o artigo e descubra mais!

Um cartão tem de cor branca de característica, que traz um estilo minimalista e clean, deixando muito bonito. Ele, também, é todo feito em titânio e funciona em conjunto com iPhone da Apple.

Quer descobrir mais sobre o Apple Card, e também saber como solicitar o seu? Acompanhe a seguir, informações e dicas!

Como é o Apple Card?

Ele é da Apple, mas para poder ser um cartão de crédito, ele precisa de uma instituição financeira; ele não pode operar com crédito e dinheiro sem uma autorização específica. Por isso, a Apple fez parceria com a instituição Goldman Sachs Bank que administra o cartão.

A bandeira do cartão é a MasterCard ele não tem anuidade e é feito de metal (titânio), diferente da maior parte dos cartões que é de plástico. Por isso, ele pesa mais e não vai passar pelo detector de metal sem apitar.

Como funciona o cashback da Apple?

Você tem acesso a diversas faixas de Cashback, entenda quais são e como elas funcionam.

3% – Este é o cashback para compras feitas na Apple, incluindo jogos, iTunes, Apple Music, e iCloud. E em algumas lojas parceiras, se você utilizar o Apple Pay, você também ganha 3%.

2% – Sempre que você pagar alguma coisa utilizando o Apple Pay, que é o aplicativo de pagamento da Apple, você ganha esta recompensa. Não é válido para os pagamentos feitos o cartão da Apple.

1% – Este é o cashback para todas as compras feitas com o Apple Card, inclusive nas lojas que não aceitam o Apple Pay, mas aceitam a bandeira Master.

Daily Cash Apple Card, como funciona?

Você sabia que recebe diariamente o cashback das compras que você faz pelo seu Apple Card? Sim, diferente da maior parte dos programas de CashBack, você não precisa esperar fechar o mês, todo dia a recompensa entra na conta, e já é possível gasta-la para comprar produtos.

Não existe limite de cashback, tudo o que você gastar terá 1%, 2% ou 3% de recompensa e você poderá utilizar este saldo para fazer compras, como se fosse dinheiro.

Apple Card Brasil

Por ser da bandeira MasterCard, ainda que os estabelecimentos brasileiros na sua maior parte não tenham o Apple Pay, é possível utilizar o Apple Card no Brasil onde a bandeira Master é aceita. Entretanto, nestes casos o cashback é de 1% apenas.

O cashback de 3%, você pode aproveitar apenas na loja da Apple, já que no Brasil ainda são poucos os estabelecimentos que aceitam o Apple Pay.

Apple Card, como solicitar:

A solicitação do Apple Card é toda feita pelo seu iPhone, assim como o desbloqueio também é pelo celular. Na sua Wallet, integrada a conta o Apple Pay do iPhone, é possível pedir o cartão.
Ficou em dúvida de como solicitar o Apple Card? Então veja o vídeo animado disponibilizado pela Apple para te mostrar certinho como pedir o seu.

Conclusão

Enfim, neste artigo você pôde ver como funciona o Apple Card, como utilizar ele no Brasil, já que ele tem cashback em todas as compras de pelo menos 1%, que vai diariamente para Wallet, da Apple Pay.

Além disto, como ele tem a bandeira Master ele é aceito em vários estabelecimentos de todo o Brasil.

Na seção “Apple Card, solicitar” você viu como pode ser fácil pedir o seu, não é verdade?

Gostou de saber mais sobre o cartão da Apple? Comente conosco sua opinião e compartilhe com os amigos as informações sobre o famoso cartão de titânio da Apple!

Fonte original do conteúdo: https://ebumk.com.br/cartao-de-credito-apple-card-como-funciona-vale-a-pena/

X